domingo, 22 de outubro de 2017

Ele prepara o caminho dos profetas

ELE PREPARA O CAMINHO DOS PROFETAS

Assim me disse o SENHOR esta manhã (22.10.2017): 
"De hoje em diante, você observará como eu moverei os montes diante de ti, como aplainarei os caminhos para que seja feita a minha obra.
Agindo eu, quem o impedirá (Isaías 43:13)? Quando quero alcançar um coração, não há obstáculo intransponível ao meu agir.
Assim como o navio singra pelas muitas águas, eu abrirei o caminho no meio das dificuldades para fazer chegar a minha Palavra ao lugar aonde a designei.
E quanto a você, será levada sobre minhas asas a esses lugares de milagres. Você conhecerá os meus caminhos e entenderá meu modo de operar na vida dos homens.
Os meus caminhos são mais altos que os seus (Isaías 55:9). Não há nada nem ninguém que possa impedir meu Espírito de agir.
Sua parte é orar para que os sedentos cheguem a ti, e eu os farei chegar em breve.
Prepara teu coração. Prepara teu ministério. Prepara os tijolos, a espátula e a argamassa (os alicerces, Ele constrói). Vamos começar a obra de edificação; vamos levantar muitos templos. Venha. Temos um grande projeto (Neemias 6:3).
Mergulhe em minha Palavra. E não diga: não passo de uma criança, porque a todos a quem eu te enviar irás, e tudo quanto eu te mandar, falarás (Jeremias 1:7). Eu porei minhas palavras em tua boca (Jeremias 1:9).
Você se esvaziou de si mesma para que eu pudesse te encher; assim, por estar transbordando de mim, serás a minha boca. Quando eu te usar e abrires tua boca, sou eu quem falará por intermédio dela.
Venha. Vamos aos lugares mais profundos das águas do Espírito.
Eu sou o SENHOR. Deixa-me mostrar que EU SOU Deus. Você não precisará lutar; eu irei à frente e prepararei o caminho (Deuteronômio 31:8).
Seja guiada pelo Santo Espírito. Descanse em mim. Eu o farei”.







terça-feira, 10 de outubro de 2017

Visão - Gaiolas

VISÃO – GAIOLAS


No primeiro semestre deste ano de 2017, o Senhor deu-me um importante sonho acerca do meu ministério de intercessão.
Eu acordei muito triste comigo mesma, e cheia de compaixão pelas pessoas.
Triste comigo, porque o sonho teve relação íntima com uma conversa que havia tido com uma irmã em Cristo na tarde anterior.
Na ocasião, eu falava a ela que muitas pessoas que ajudamos na caminhada cristã – oferecendo amor, orações, conselhos e ouvidos – recusam-se a crescer espiritualmente e amadurecer, preferindo permanecer, para sempre, dependentes emocionais.
Embora as ensinemos a confiar em Deus e lutar contra o pecado, por vezes sem fim, elas não aprendem a recorrer ao Senhor por si mesmas; antes, diante de qualquer pequeno problema, ainda buscam refúgio em outras pessoas falhas (como eu e outros irmãos que estão há mais tempo no Caminho estreito).
Eu relatava esses fatos à irmã, e em meu interior havia certo tom de murmuração, o qual tentei não deixar transparecer na conversa.
Então a irmã disse estas palavras: “sim, eu entendo; elas são como eternos passarinhos que temos que alimentar pelos bicos”.
Naquela mesma noite, tive esse sonho, que passo a relatar:

Eu vi três gaiolas grandes, viveiros de aves, cobertas com panos.
Ouvia pios e cantos, e fui checar a situação dos pássaros. Lembro que cada viveiro continha cerca de vinte aves.
Ao abrir uma das gaiolas, vi que os passarinhos estavam sem água.
Preocupada, fui correndo buscar uma tigela de água fresca, e a depositei num dos viveiros.
Todos os pássaros vieram, desesperados, beber do pote, como se estivessem morrendo de sede. A impressão que tive é que eles não teriam aguentado se eu demorasse mais alguns minutos.
A situação se repetiu com os demais viveiros.
No dia seguinte, quando acordei, fui buscar o Senhor.
Na véspera do sonho, eu não estava nada contente, de verdade, por ter pássaros grandes necessitando de cuidados especiais como filhotes, pássaros que não queriam crescer e voar. Simplesmente como os pássaros voam.
Então, perguntei ao Senhor: “Pai, me dê a interpretação do sonho. Vou começar com a parte que eu entendi. Os pássaros são as pessoas que ajudo, as pessoas por quem oro. Certo?”
O Senhor nem precisou confirmar nada. Disso eu estava certa.
“Jesus, por que as aves tinham tanta sede? Por que não bebiam água por si mesmas? Pássaros adultos sabem se virar”.
O Senhor começou a falar em meu espírito: “filha, eles estavam presos em gaiolas. Não podiam sair para buscar água. Você entende o que são as águas?”
Eu disse: “sim, a água, nas Escrituras, sempre tem relação com a purificação do homem pela Palavra e a ação do Espírito Santo de Deus”.

Vocês já estão limpos pela palavra que lhes tenho falado.
(João 15:3)

“Eu entendi que as águas são a ação do teu Espírito na vida dessas pessoas (pássaros)”.
“Muito bem”, disse o Senhor. “E o que são as gaiolas”?
“Prisões espirituais?”, indaguei.
Então ele me explicou: “sim. As gaiolas são as prisões em que as pessoas vivem. São as ilusões do mundo, a vaidade, o orgulho próprio, os vícios, as falsas esperanças, os relacionamentos errados, o amor ao dinheiro, a idolatria, a depressão, a incredulidade. Toda sorte de pecados e suas consequências, que as impedem de vir a mim e beber”.
Nesse ponto, lembrei que os viveiros estavam cobertos com panos. Ou seja, as aves sequer podiam ver o que havia fora de suas gaiolas. Não tinham visãoperspectiva de algo além de suas gaiolas.
Comecei a ficar constrangida com os significados, e as lágrimas escorreram.
“Filha, quem vai levar a água viva para que bebam”?

Mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna."
(João 4:14)

Eu fiquei em silêncio, refletindo.
O Senhor continuou me explicando que aquelas aves não estavam prontas para deixar suas gaiolas. Elas não tinham força, nem a fé necessária para voar.
Ele me disse que era meu dever oferecer as águas de Deus, que fluem dele para mim, e, da minha vida, para as aves necessitadas.
Eu entendo, também, que para tudo há um limite, e deve haver sabedoria até mesmo nisso.
Preciso matar a sede do pássaro, mas vou lembrá-lo de que voar é uma experiência necessária, maravilhosa e inigualável, que há crescimento e poder infinito dos céus prometidos para cada filho amado de Deus; que nosso Senhor Jesus quer ter um relacionamento pessoal, íntimo e intenso com cada um de seus filhos, de forma que dependamos dele e aprendamos a andar no Espírito.
Entendi que, até mesmo na tarefa de alimentar os pássaros, o Senhor estará comigo e me dará equilíbrio para agir em cada situação, dando-me sabedoria ao instruir, aconselhar, e dizer a verdade (o que deve ser dito) em amor.

Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio.
(2 Timóteo 1:7)

O Senhor continuou me questionando: “como libertar as aves das prisões”? “Abrindo as portas”, respondi.
“E como abrir as portas”?
Aí tive a revelação completa do Senhor: “pela intercessão. A oração é o único meio de que disponho para que sejam libertas. Não posso interferir no livre-arbítrio delas, pois nem mesmo o SENHOR faz isso. Mas posso orar para que seus olhos se abram, para que o Espírito Santo as toque, para que fiquem livres daquilo que obscurece suas visões, para que tenham suas mentes abertas, ainda que temporariamente, e elas possam QUERER alçar voo”.

Nesse instante, lembrei que o inimigo quer, a todo custo, destruir as aves, e fará de tudo para manter os panos sobre as gaiolas, a mente dos pássaros confusa e amedrontada. Mas o Espírito Santo é comigo para batalhar contra essas forças, em oração, e não desistir, até que as aves vejam a verdade.

"E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará". 
(João 8:32)

Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres. 
(João 8:36)

No que diz respeito a mim, também entendi que:

O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros,
para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes,
e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória.
(Isaías 61:1-3)

“Agora você tem a interpretação completa do sonho”, concluiu o Senhor.

Depois disso, minha visão sobre os passarinhos mudou completamente.
Se eu já os amava, amo-os ainda mais, com o próprio amor que o Espírito de Deus derramou em meu coração.
Eu posso dar as águas vivas para eles, e sugerir que voem para a Fonte das águas, para Aquele que tira nossa sede para sempre.
Mas eles sempre serão livres para escolher. 
Muitos acabam querendo voltar para a escuridão da gaiola. Já presenciei isso muitas vezes.
Mesmo assim, vou continuar orando, intercedendo, amando essas pessoas e chorando por elas, afinal, é a eternidade de cada uma delas que está em jogo; é sobre a liberdade e a felicidade de cada uma, as quais dependem de suas escolhas.
Eu posso ficar à beira do caminho, como profeta de Deus, gritando bem alto: “venha para o Senhor! Pare de tropeçar! Chega de derrotas! Chega de sequidão! Venha beber águas cristalinas! Venha experimentar a Água que elimina a sede para sempre! Venha”!

E não há nada como ver uma ave se libertando, voando alto para o céu sem fim, aprendendo a voar e fluir nas asas do Espírito!
Eu as amo, Pai... eu as amo...

É isso que tento mostrar a elas:






quinta-feira, 5 de outubro de 2017

O sacrifício continuará queimando

O SACRIFÍCIO CONTINUARÁ QUEIMANDO - 30 de setembro de 2017

Eu te chamei por um motivo.
Eu te trouxe até aqui para brilhar diante dos homens (Mateus 5:14-16); fazer brilhar a minha luz, a luz do meu Evangelho.
Você pode não compreender, mas eu sei; eu sei exatamente o que quero de ti.
Eu estou contigo todos os dias da sua vida, até a consumação dos séculos (Mateus 28:20).
Eu não deixarei de falar contigo um minuto sequer. Eu sou o SENHOR, teu Deus.
Eu te criei e te formei, e forjei o seu caráter conforme minha justiça e santidade.
Você tem sido santificada, separada para mim. E por isso tenho me revelado a ti.
Quero que você saiba, filha, que não há nada que venha a ficar oculto em minha presença.
Nenhuma lágrima, nenhum sacrifício, nenhuma renúncia passam despercebidos diante de mim.
Você pode achar que sua vida é pouco produtiva para meu Reino.
Mas isso não é verdade.
Eu olho para ti e vejo um sacrifício perfeito, um perfeito louvor, o louvor de um coração que se entregou totalmente a mim, que abriu mão de sua própria vida, de suas próprias convicções, e se entregou à vontade do Espírito de Deus.
Eu, o SENHOR, falarei a ti; usarei tua boca, como a do profeta Jeremias, porei nela as minhas palavras (Jeremias 1:9) e edificarei muitas vidas por meio dessa boca, a qual tenho santificado.
Cante, louve, exalte, levante a minha bandeira.
A sua vida é como a minha bandeira na qual está gravado meu Nome, para todas as gerações e todos os povos (Salmo 20:5; Isaías 11:10).
Veja. Não há ninguém de quem você esconda a minha luz, o meu Evangelho.
Não há ninguém de quem você oculte a minha luz. A luz do meu Pai brilha em sua vida.
E você queima como sacrifício, em brasas, no altar. E continuará queimando até o dia da minha vinda (Romanos 12:1).
O sacrifício no altar queimará incessantemente, não se apagará (Levítico 6:13), para a glória do meu Pai, e à vista de todos.
Meu Espírito estará constantemente em você, e minha glória te acompanhará aonde quer que você vá.
Eu sou o Senhor que te santifica (Levítico 20:8), que te chama pelo nome (Isaías 45:3), que tem seu nome escrito na palma de minha mão (Isaías 49:16).
Não temas.

"Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.
E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. 
Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa.
Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus".
(Mateus 5:14-16)

E eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.
(Mateus 28:20)

E estendeu o Senhor a sua mão, e tocou-me na boca; e disse-me o Senhor: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca;
(Jeremias 1:9)

Saudaremos a tua vitória com gritos de alegria e ergueremos as nossas bandeiras em nome do nosso Deus.
(Salmo 20:5)

Naquele dia as nações buscarão a Raiz de Jessé, que será como uma bandeira para os povos, e o seu lugar de descanso será glorioso.
(Isaías 11:10)

Portanto, irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês.
(Romanos 12:1)

O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará. 
(Levítico 6:13)

Eu sou o Senhor, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome. 
(Isaías 45:3)

Eu sou o Senhor que os santifica.
(Levítico 20:8)

Veja, eu gravei você nas palmas das minhas mãos. 
(Isaías 49:16)


domingo, 1 de outubro de 2017

Se purificarmos o coração, veremos a Deus

SE PURIFICARMOS O CORAÇÃO, VEREMOS A DEUS


“Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus”.
(Mateus 5:8)

No início da minha vida cristã, e por muito tempo depois, eu pensava que o homem, na sua condição terrena pecadora, não poderia ver o Senhor nitidamente nesta vida, nem experimentá-lo de forma mais íntima, mas somente provar seu amor, bondade, perdão, graça, e obter a direção do Espírito Santo para as decisões do viver diário.
Em minha cabeça de recém-convertida, eu via minha relação com o Senhor dessa forma: Ele me ouve dos altos céus e me ama, responde minhas orações, me dá orientações sobre a vida, mas Ele está em seu trono de glória, e eu estou aqui embaixo, em uma condição terrena e limitada, e não podemos interagir de uma forma mais estreita e palpável. Afinal, Ele é Deus, e eu sou humana e pecadora.

Em janeiro de 2012, tive uma visão surpreendente, que mudou minha vida para sempre. Em um sonho, eu vi e contemplei a face do Senhor Jesus por alguns minutos – que pareceram horas sem fim -, e a experiência foi tão inigualável que escrevi um pequeno poema a respeito, como ficou registrado neste Blog. É uma pena que, ao acordar, não me lembrava mais da feição do Senhor.
Estou certa de que Ele me permitiu ter essa visão para me encorajar na caminhada cristã, pois, naquela época, eu enfrentava muitas dificuldades emocionais.
Desde então, meu relacionamento com Deus tem crescido e se desenvolvido. Agora entendo o que Paulo quis dizer na segunda carta aos coríntios, ao discorrer sobre nossa transformação constante na imagem de Cristo:

Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.
(2 Coríntios 3:18)

Entendi, portanto, que nossa jornada cristã é progressiva. Desde o momento em que temos um encontro com o Filho de Deus e nossa vida é, para sempre, transformada, nosso relacionamento com o Criador tende a ficar mais sólido, intenso, e amadurecido.
É claro que essa progressão depende de nós.
Como seres humanos, passamos por períodos de desânimo e batalha intensa, mas não podemos deixar nosso relacionamento com o Senhor esfriar, nem nos conformar com uma vida espiritual estagnada.
Pelo contrário, o desejo de ter mais intimidade com Jesus e mais entendimento da sua Palavra, mente e coração deve arder em nosso coração até o nosso último suspiro. Foi com vista nisso que Ele falou:

Pois a quem tem (entendimento), mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será tirado.
(Mateus 25:29)

O caminho para ter mais do Senhor é viver em sua presença, agindo como um cidadão dos céus aqui na terra.

Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma.
(1 Pedro 2:11)

Quando estivermos com Ele para sempre, não haverá pecado; estaremos na sua gloriosa presença eternamente, adorando, servindo, aprendendo mais e mais do Rei e sendo iluminados pela luz da sua glória, trabalhando em nossos ofícios celestiais e fazendo tudo  tudo mesmo  por Ele e para Ele, para a sua glória.
Se vou passar a eternidade assim, preciso descobrir o prazer – e é realmente prazeroso, acredite – de meditar na Palavra de Deus, perscrutar seus pensamentos e sua santidade, adorá-lo com um modo de vida decente e íntegro, adorá-lo, em espírito, durante os afazeres diários, cantar louvores de todo o coração, estudar a Bíblia e as profecias, passar tempo a sós com Ele, experimentando sua poderosa presença, ainda que seja em silêncio, para ouvi-lo falar ao meu coração.
Não há nada mais prazeroso – nada mesmo – do que estar conectado com Aquele que supre todas as nossas necessidades e carências, e tem respostas para todos os nossos questionamentos (se estivermos dispostos, realmente, a investir tempo para experimentá-lo e ouvi-lo).

Em fevereiro de 2015, eu estava numa fase de oração muito fervorosa. Havia acabado de iniciar a prática de dedicar um caderno exclusivamente para anotar pedidos de orações.
Eu costumo anotar o que o Espírito Santo coloca em meu coração, pedidos pessoais, de curas, conversões, libertação, etc.
Naquela época, eu havia “turbinado” minha vida de oração; estava caminhando na mesma marcha que o Senhor em pensamento, coração e atitude.
Um ano antes, eu havia lhe pedido dons do Espírito Santo, e um deles foi o dom de discernimento de espíritos.
Desde fevereiro de 2014 – como ficou registrado no Blog –, e, de tanto pedir a Deus, eu tive meus olhos espirituais abertos para a realidade invisível, e passei a ver coisas que muitos pediriam para nunca ver (risos).
Elas não acontecem o tempo todo, e não é quando eu quero, mas quando o Senhor decide me mostrar, sempre para indicar alguma situação. Por exemplo: diga a tal pessoa que há um anjo atrás dela, a protegendo; ou: você está vendo que há um demônio oprimindo essa pessoa. Não diga nada, mas comece a orar por ela e a ajude.
E este dom não se restringe a visões, mas se manifesta, também, por meio de revelação de fatos, sonhos e impressões no meu espírito.
Em fevereiro de 2015, mais especificamente, no dia 21, meu marido havia resolvido fabricar um criado-mudo. Ele assistira a vários vídeos de tutoriais no Youtube, e então comprou as folhas de madeira MDF e todo o material necessário (puxadores, rodinhas, parafusos, trilhos, etc.).
Na ocasião, estávamos na casa da minha mãe. Enquanto ele fazia todo o trabalho manual, lá estava eu deitada em um colchonete com meu caderno de orações, lendo e relendo os pedidos, intercedendo pelas vidas, buscando o Senhor.
Após terminar de orar, adormeci e tirei uma soneca (enquanto meu marido trabalhava - risos).
Ao acordar, abri os olhos, e, quando abri os olhos – não foi antes de abri-los , eu tive uma visão.
Vi que havia um homem sentado em uma cadeira de frente para meu marido (que estava trabalhando agachado). O homem estava com as pernas cruzadas, vestindo uma túnica branca, e usando sandálias como as que Jesus usava (pode crer).
Tive a visão numa fração de um segundo; e tudo desapareceu.
Não sei se era Jesus ou um anjo do Senhor. Na verdade, pela situação toda, interpretei que poderia ser Jesus, afinal, Ele foi carpinteiro e poderia estar dando uma ajuda para meu esposo.
Essa foi a segunda vez que constatei, por meio de uma visão, que meu marido é escoltado pelo Senhor.
Na época, fiquei deslumbrada, e, desde então, o Senhor tem me mostrado, de vez em quando, esse tipo de coisa, e falado de outras formas também (como sonhos de aviso, revelações, etc.).

Neste mesmo mês de setembro de 2017, tive um novo sonho em que vi a face do Senhor Jesus.
Desta vez, o foco não foi tanto o seu rosto, mas o nosso abraço.
Ele me abraçava e brincava comigo – como se eu fosse uma menininha -, me rodopiando e dando risadas a não parar mais. Então eu pedia: Jesus, deixa eu ver o teu rosto, por favor! Consegui vê-lo outra vez, mas rapidamente, e o que mais me chamou a atenção, além de seus cabelos esvoaçando, foi seus olhos verdes.
Não estou, aqui, afirmando que Jesus tinha ou tem os olhos verdes. Mas foi assim que ele se revelou a mim nesse sonho.
Ele pode se revelar de formas diferentes a outras pessoas. Não sei qual a cor dos olhos dele, e nem posso afirmar nada. Só estou relatando meu sonho.
O sonho foi uma delícia e, sinceramente, achei que nunca mais teria um sonho em que veria a face dele, depois daquele sonho que tive em 2012.
Desta vez, ele quis me mostrar que eu posso ver o rosto dele intimamente sim, se eu quiser; que eu não preciso ficar lembrando aquele sonho maravilhoso de 2012 com saudosismo; que Ele está vivo e atuando em minha vida, e continuará me dando muitas experiências pessoais com ele; que minha vida cristã continua se desenvolvendo progressivamente, e que ainda aprenderei muita coisa, e viverei muitas coisas até meu último dia (ou o dia da vinda dele).
Nós, cristãos, vamos sendo transformados de glória em glória diariamente, como o sol que nasce no horizonte, e vai subindo, no céu, até o meio-dia.

Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.
(Provérbios 4:18)

Se você tiver lido o texto até aqui, pode estar se perguntando: por que ela contou tudo isso; com que finalidade? Pode estar pensando que eu sou louca (se você for um incrédulo), ou que escrevi tudo isso para me gabar (se você estiver buscando mais de Deus).
Mas a minha intenção foi provocar sua fé, te estimular a buscar o Senhor com intensidade, como um braseiro em chamas de amor desesperado; te fazer desejar e ansiar pela presença dele, assim como eu anseio...
As visões são muito fascinantes, e servem para fortalecer a nossa fé, mas eu afirmo, emocionada, que a melhor parte do relacionamento com Jesus é estar na presença dele, sentir seu amor e sua glória a nos envolver com um abraço; é viver a verdade da Palavra e experimentar o cuidado de Deus diariamente; é perceber que sua vida está sendo governada, diariamente, pelo próprio Espírito de Deus.
Eu amo ter visões, mas o que mais anseio é sentir a presença dele, respirar o ar que ele respira, ouvir sua voz em meu espírito e meu coração, estar no centro do coração e da vontade dele.
Ele não me mostra as coisas por predileção, pois “o Senhor não faz acepção de pessoas” (Romanos 2:11), e sim de atitudes.
Se eu buscá-lo com fé, humildade e persistência, é certo que ele se revelará e se manifestará a mim.
Foi isso o que Ele quis dizer nas seguintes passagens:

"Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.
Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.
(Mateus 7:7-8)

O Senhor confia os seus segredos aos que o temem, e os leva a conhecer a sua aliança.
(Salmo 25:14)

Para poder ouvir a voz do Senhor e experimentar sua manifestação, é necessário lutar contra o pecado e as más inclinações da carne, pois “sem santidade, ninguém verá o Senhor” (Hebreus 12:14). É preciso se consagrar (separar-se do que não é puro) e buscar viver em santidade, com um coração dedicado a Ele.

“Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus”.
(Mateus 5:8)

Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu Santo Lugar?
Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente.
Este receberá a bênção do Senhor e a justiça do Deus da sua salvação.
Esta é a geração daqueles que buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó.
(Salmo 24:3-6)

Também é preciso praticar a fé (como um exercício), pois:

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam.
(Hebreus 11:6)

Eu profetizo que você dedicará tempo a buscar a Deus, orando no seu local secreto, estudando sua Palavra e meditando nela; que começará a discernir a voz do Senhor e os pensamentos dele, quando, no silêncio, fechar os olhos e buscá-lo de todo coração; que experimentará a glória do Santo a te envolver em seus momentos de comunhão; e que crescerá na intimidade com Jesus de maneira exponencial, tendo experiências sobrenaturais com o Rei da Glória.
Essa é minha oração por você, irmão e irmã, em Nome do Senhor Jesus.




sábado, 30 de setembro de 2017

O poder dos céus está à minha disposição

O PODER DOS CÉUS ESTÁ À MINHA DISPOSIÇÃO 
14 de setembro de 2017


Assim disse o Senhor enquanto eu orava, pela manhã:

"Filha, escute a minha voz.
Meu plano é te fazer prosperar (Jeremias 29:11).
Quem te chamou? Não fui eu?
Antes de ouvir qualquer outra voz no seu dia, ouça a minha voz.
Cada vez que você me invocar, eu estarei aqui. EU SOU a presença que te move.
Filha, não se intimide diante do poder dos céus que está à sua disposição.
EU SOU o Deus que levanta o fraco, e fortaleço meu forte para que venha a se tornar mais forte ainda.
Na minha presença há delícias reservadas para aqueles que me buscam (Salmo 16:11).
Você já olhou o mar? E, estando na costa, já sentiu o calor do sol pela manhã?
Minha presença dá mais prazer do que o contemplar o mar, e experimentar o calor do sol matutino.
A quem você poderia me comparar? (Isaías 40:25-26); EU SOU a própria justiça (Salmo 36:6; Deuteronômio 32:4), o amor (1 João 4:8-10), a luz do mundo (João 8:12); o calor do sol (Malaquias 4:2; Apocalipse 22:5).
Desfrute da minha presença.
O poder dos céus está à sua disposição, para, em meu Nome, curar, fazer conhecido o meu amor, evangelizar, instruir, abençoar (Lucas 9:1-2; João 13:35, Marcos 16:15).
As pessoas virão até você.
Quantas vezes já te disse que tenho um ministério único para cada um, e um ministério único que foi planejado para você?
Você deverá dispor do seu tempo para permitir que as pessoas cheguem até ti, interceder por elas, e sofrer as dores do parto por cada uma delas.
É sobre isto que Paulo estava falando em Gálatas 4:19 e Romanos 9:2.
Não ate minhas mãos, não limite o poder do meu Espírito em sua vida.
Discipline sua fé, para que seja constante e crescente ao longo dos seus dias.
Não permita que a incredulidade alheia comprometa sua fé e seu processo de santificação.
A fé é como brotos que você deve regar continuamente, e que necessitam de muitas águas, para que seu crescimento não fique estagnado.
Dedique-se à intercessão fervorosa.
Eu preciso que você seja participante ativa do avanço do meu Reino.
Para isso, você deve interceder, assim como Daniel fazia.
Busque-me várias vezes ao dia, para ativar sua fé e fazer com que ela cresça da forma como deve crescer, para declarar minha soberania sobre sua vida, e para profetizar a atuação do meu poder sobre as vidas pelas quais você ora (Mateus 18:19).
Eu te chamei para levar o cego à vista, o néscio à sabedoria, e o morto à vida.
Você vai me seguir?
Comece a interceder para que eles venham".
________________________________________

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.
Jeremias 29:11

Tu me farás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.
Salmo 16:11

"Com quem vocês me compararão? Quem se assemelha a mim? ", pergunta o Santo.
Ergam os olhos e olhem para as alturas. Quem criou tudo isso? Aquele que põe em marcha cada estrela do seu exército celestial, e a todas chama pelo nome. Tão grande é o seu poder e tão imensa a sua força, que nenhuma delas deixa de comparecer!
Isaías 40:25-26

A tua justiça é firme como as altas montanhas; as tuas decisões insondáveis como o grande mar. Tu, Senhor, preservas tanto os homens quanto os animais.
Salmo 36:6

Ele é a Rocha, as suas obras são perfeitas, e todos os seus caminhos são justos. É Deus fiel, que não comete erros; justo e reto ele é.
Deuteronômio 32:4

Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.
Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.
Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados.
1 João 4:8-10

Jesus disse: "Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida".
João 8:12

Mas para vocês que reverenciam o meu nome, o sol da justiça se levantará trazendo cura em suas asas.
Malaquias 4:2

Não haverá mais noite. Eles não precisarão de luz de candeia nem da luz do sol, pois o Senhor Deus os iluminará; e eles reinarão para todo o sempre.
Apocalipse 22:5

Reunindo os Doze, Jesus deu-lhes poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças,
e os enviou a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos.
Lucas 9:1-2

Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros".
João 13:35

E disse-lhes: "Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas.
Marcos 16:15

Meus filhos, novamente estou sofrendo dores de parto por sua causa, até que Cristo seja formado em vocês.
Gálatas 4:19

Tenho grande tristeza e constante angústia em meu coração (pelos de minha raça).
Romanos 9:2

"Também lhes digo que se dois de vocês concordarem na terra em qualquer assunto sobre o qual pedirem, isso lhes será feito por meu Pai que está nos céus". 
Mateus 18:19